domingo, 25 de dezembro de 2011

Conexões Globais 2.0


Evento Conexões Globais 2.0, que será realizado de 25 a 28 de janeiro, em Porto Alegre, paralelamente ao Fórum Social Temático e Festival Internacional de Cultura Livre. Um vídeo de Giovani Borba

domingo, 18 de dezembro de 2011

Secretários do Estado do RS visitam Frigorífico da Borrússia

Após o site www.obairrista.com anunciar o lançamento de um novo preservativo sabor linguiça Morro da Borrússia, os Secretários Luis Fernando Mainardi e Stela Farias foram conferir a produção da linguiça e salsichão que é mania nas regiões metropolitana e litoral norte do RS.

Veja o vídeo e confira como são produzidos

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

sábado, 3 de dezembro de 2011

Dilma encara o inquisidor


Dilma é da luta e defende a democracia brasileira. Ao invés de muitos, que se escondem atrás de uma farda.

A imagem é a foto de Dilma com 22 anos diante dos militares da ditadura. Estes covardemente escondem a cara.
A fala de Dilma é atual, dirigida ao senador Agripino Maia, cujo partido serviu de apoio à ditadura.
A música "Cálice" é de Chico, cantada por ele e Milton.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Viver sem Limite vai atender pessoas com deficiência


O governo federal lançou hoje o Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, o Viver Sem Limite, que reúne ações estratégicas em educação, saúde, cidadania e acessibilidade. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que 45,6 milhões de pessoas têm algum tipo de deficiência, o que corresponde a 23,91% da população brasileira.

Com o Viver Sem Limite, o governo pretende promover a inclusão social e a autonomia da pessoa com deficiência, eliminando barreiras e permitindo o acesso a bens e serviços. “Estamos aqui para celebrar a coragem de viver sem limites. É incrível a força que há nas pessoas para vencer desafios e superar limites”, disse a presidenta quando retomou o discurso interrompido pela emoção.
Dilma chorou no início da cerimônia realizada no Palácio do Planalto para lançamento do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência ao comentar as presenças das filhas do deputado Romário e do senador Lindbergh Faria.
No discurso, a presidente ressaltou a importância da autonomia na vida das pessoas com deficiências. E defendeu que todos os brasileiros tenham condições de desenvolver todas as suas potencialidades. “São brasileiros que podem realizar plenamente seus sonhos individuais, mas podem e devem ajudar a concretizar o nosso sonho coletivo”, afirmou.
Acesso a serviços
Segundo a ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário, o Viver Sem Limite articula e organiza ações já desenvolvidas no âmbito do governo federal, que foram aprimoradas e fortalecidas para eliminar barreiras e permitir o acesso da população com deficiência a bens e serviços.
“É o reconhecimento da responsabilidade do Estado brasileiro, uma responsabilidade irrenunciável”, disse a ministra.
O secretário Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Antônio José do Nascimento Ferreira, explicou que o Viver Sem Limite tem metas para serem alcançadas até 2014, com previsão orçamentária de R$ 7,6 bilhões. As ações previstas serão executadas em conjunto, por 15 órgãos do governo federal, sob a coordenação da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.
Educação
Na área da Educação, por exemplo, o plano prevê a ampliação do acesso dos alunos com deficiência à escola, saltando de 229.017 para 378 mil o número de crianças e adolescentes nas salas de aula. Outra medida é adequar as escolas públicas e as instituições federais de ensino superior às condições de acessibilidade.
O Viver Sem Limite determina ainda a implantação de novas salas de aula com recursos multifuncionais e a atualização das salas já existentes, e a oferta de até 150 mil vagas para pessoas com deficiência nos cursos federais de formação profissional e tecnológica.
Saúde
No chamado eixo Saúde, está prevista a ampliação e qualificação da triagem neonatal com a inclusão de dois novos exames no teste do pezinho, além da implantação completa do exame em todos os estados até 2014. O plano também estabelece a implantação de 45 centros de referência em reabilitação, garantindo atendimento das quatro modalidades: intelectual, física, visual e auditiva.
Outra medida refere-se ao atendimento odontológico, com um aumento em 20% no financiamento do SUS para 420 centros de especialidades odontológica. O governo também pretende formar 660 novos profissionais de saúde em órteses e próteses até 2014 para atuar nas oficinas ortopédicas que serão criadas. A expectativa é aumentar em 20% o fornecimento de órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção.
O trabalhador que perder o emprego voltará a receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A garantia está no Viver Sem Limite, que também permite que a renda da aprendizagem seja acumulada com a do BPC. Outra ação prevê a busca ativa e o encaminhamento ao mercado de trabalho de 50 mil beneficiários.
O eixo Acessibilidade prevê a construção e 1,2 milhão de moradias adaptáveis pelo programa Minha Casa, Minha Vida 2. As obras de mobilidade urbana da Copa do Mundo 2014 e do PAC 2 também serão adaptadas aos portadores de deficiências.
Outras medidas preveem a implantação de cinco centros tecnológicos de formação de instrutores e treinadores de cães-guias, microcrédito pelo Banco do Brasil para aquisição de produtos de tecnologias assistivas no valor de até R$ 25 mil e juros de 0,64 ao mês e desoneração tributária de R$ 609,84 milhões até 2013 sobre esses produtos.

Fonte: www.dilma.com.br

sábado, 22 de outubro de 2011

Cesar Cielo, 100% no Pan 2011

Cesar Cielo tem motivos para sorrir em Guadalajara. Após quatro provas disputadas no Centro Aquático de Scotiabank – 50 m, 100 m, 4x100 m e 4x100 m medley -, o nadador terminou o Pan-Americano com 100% de aproveitamento. 

Ao todo, em sete dias de competições, a natação brasileira abocanhou dez ouros, oito pratas e seis bronzes, totalizando 24 medalhas no Pan-Americano de Guadalajara.

A 4 anos, no Pan do Rio, pouco se falava no Cesão. Comecei a acompanha-lo após uma conversa com um Professor de Natação do Minas Tênis Clube, que assim como eu, retornava para seu descanso após um dia de trabalho voluntário naqueles Jogos. Na ocasião este professor disse que o grande nadador  do Brasil seria o Cielo. Assim que a oportunidade apareceu, registrei o encontro com o nosso multi campeão da Natação.


Ao todo foram 24 medalhas conquistadas pela natação brasileira. Que se despede de Guadalajara com quatro dos 16 recordes pan-americanos quebrados na competição. Cesar Cielo participou de três: nas finais dos 50m livre (21s58); dos 100m livre (47s84) e na do revezamento 4x100m livre, ao lado de Bruno Fratus, Nicolas Oliveira e Nicholas Santos (3m14s65). O último veio com Thiago Pereira nos 200m costas (1m57s19). E ainda manteve o domínio na natação masculina nos 50m livre (cinco vitórias consecutivas), do 4x100m livre e 200m costas (quatro títulos seguidos, cada um), fora os bicampeonatos nos 200m e 400m medley, e nos 200m borboleta.


Fonte: http://www.r7.comhttp://www.cbda.org.br

sábado, 15 de outubro de 2011

15 de outubro – Unidos por uma mudança global #15opoa

O dia 15 de outubro está envolvendo milhares de pessoas ao redor do planeta por mudanças globais. Teremos manifestações do movimento #15O em 800 cidades de mais de 40 países em 5 continentes. Em comum, o clamor por uma democracia real, pelo fim da financeirização da vida. Indignados e indignadas de todo o mundo em uma só voz pelas mudanças.

É hora de unir-nos. É hora sermos ouvid@s.

Porto Alegre terá a sua manifestação, acompanhe ao vivo:




Mais em: http://15opoa.com.br/

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Equipe de Jiu-Jitsu Ferri/Equilibrium conquista mais medalhas



No último domingo, aconteceu em São Leopoldo a 4ª Copa Vale dos Sinos de Jiu Jitsu. Mais de 400 competidores de várias cidades do Rio Grande do sul participaram deste evento que já é referência da modalidade no Estado. Osório foi representada por atletas da equipe Ferri/Equilibrium que voltou com várias medalhas do Complexo Esportivo da Wellness.

A equipe coordenada pelo Professor César Augusto Ferri contou com o apoio do Comando Regional de Policiamento Ostensivo (CRPO) do Litoral da Brigada Militar. Ferri é faixa marrom e treina seus alunos na Academia Equilibrium, nas Segundas (20h30min) e nas sextas (20h).

Resultado 3ª Copa Vale dos Sinos de Jiu Jitsu:

Gabriel Ferri - 2º lugar - Infantil - Faixa Amarela
Paulo Lessa - 2º lugar - Faixa Branca Master
Debrahi Mêdola - 3º lugar - Faixa Roxa.
Paulo Juarez Júnior - 3º lugar - Faixa Branca Master
Posted by Picasa

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Esportes e consumo de álcool


Praticar esportes inibe o consumo de álcool e influência do grupo de convívio pode ser uma das respostas.

A participação de jovens em atividades esportivas pode prevenir o consumo excessivo de bebidas alcoólicas na vida adulta. Essa é a conclusão de um estudo norueguês, divulgado pela organização não-governamental CISA - Centro de Informações sobre Saúde e Álcool.

A pesquisa acompanhou três mil estudantes com idades entre 13 e 19 anos, até a fase adulta.

No início do estudo 50,7% dos jovens praticavam atividade física, sendo que o maior número de episódios de embriaguez ocorreu no outro grupo, dos que não praticavam nenhum esporte. Entretanto, alguns outros fatores, além da prática esportiva, também interferem na questão do consumo de álcool, como o grupo de convívio do jovem.

De qualquer forma, explicam os autores da pesquisa, a prática esportiva desde a infância se reflete em ações que produzem inúmeros benefícios à saúde por toda a vida, como alimentação mais equilibrada e maior condicionamento físico. Por Solange Bagdadi

Matéria extraída do site: http://www.educacaofisica.com.br/noticias/esportes-e-consumo-de-alcool

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

“A juventude precisa voltar a sonhar”, diz Lula a estudantes em Paris


Ex-presidente recebeu o título de "doutor honoris causa" do Instituto de Estudos Políticos



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu, nesta terça-feira (27) o título de Doutor Honoris Causa do Instituto de Estudos Políticos de Paris – conhecido como Sciences Po. O ex-presidente foi a 16ª personalidade – e a primeira latino-americana – que recebeu essa láurea desde a fundação da instituição, em 1871.
Notabilizada pela formação de líderes políticos, a Sciences Po tem entre seus ex-alunos os ex-presidentes franceses Jacques Chirac e François Mitterrand, além do príncipe Rainier III de Mônaco, do ex-secretário-geral da ONU Boutros Boutros-Ghali e do escritor Marcel Proust.
O diploma foi entregue em Paris por Jean-Claude Casanova, membro do Instituto da França e presidente da Fundação Nacional das Ciências Políticas, que elogiou o governo Lula citando ascensão de milhões de brasileiros à classe média, a integração Sul-Sul e a diminuição da desigualdade social.
Em seu discurso de agradecimento, Lula ressaltou que os avanços conquistados foram fruto do exercício da democracia. “Estabelecemos uma nova relação do Estado com a sociedade, na qual todos os setores sociais foram ouvidos, mobilizados, e puderam discutir não somente com o governo, mas também entre eles próprios”, afirmou. “Para tanto, realizamos 74 conferências nacionais entre 2003 e 2010, precedidas por reuniões em níveis municipal e estadual, que contaram com a presença de cerca de 5 milhões de pessoas.”
O ex-presidente citou também a criação de 14 novas universidades federais e 126 extensões universitárias durante o seu governo. “Embora eu tenha sido o único governante do Brasil que não tinha diploma universitário, já sou o presidente que mais fez universidades na história do Brasil, e isso possivelmente porque eu quisesse que parte dos filhos dos brasileiros tivesse a oportunidade que eu não tive.”
Ao final da cerimônia, estudantes da plateia cantaram a música “Pra não dizer que não falei das flores”, de Geraldo Vandré.
Compareceram ao evento o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), os ex-ministros Márcio Thomaz Bastos e José Dirceu, os diretores do Instituto Lula Luiz Dulci e Clara Ant, o secretário-executivo do Ministério da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, além do ex-primeiro ministro de Portugal, José Sócrates.
Este é o sétimo título de Doutor Honoris Causa recebido por Lula, e o segundo fora do Brasil. Muitos doutoramentos foram aprovados antes ou durante os mandatos do ex-presidente, mas Lula optou por recebê-los quando deixasse o governo.
Fonte: PT Nacional

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Atletas Equilibrium conquistam medalhas

 Em comemoração aos 70 anos da Força Aérea Brasileira, foi realizado em Canoas/RS, o Força Aérea Brasileira Open de Jiu-Jitsu. O campeonato contou com a participação de 3 atletas da Academia Equilibrium e de outras cidades do Brasil.


Segundo alguns historiadores o Jiu-jitsu ou "arte suave", nasceu na Índia e era praticado por monges budistas. Preocupados com a auto defesa, os monges desenvolveram uma técnica baseada nos princípios do equilíbrio, do sistema de articulação do corpo e das alavancas, evitando o uso da força e de armas. Com a expansão do budismo o jiu-jitsu percorreu o Sudeste asiático, a China e, finalmente, chegou ao Japão, onde desenvolveu-se e popularizou-se.
A partir do final do século XIX, alguns mestres de jiu-jitsu migraram do Japão para outros Continentes. (fonte: http://www.cbjj.com.br)


A equipe coordenada pelo Professor César Augusto Ferri contou com o apoio do Comando Regional de Policiamento Ostensivo (CRPO) do Litoral da Brigada Militar. Ferri é faixa marrom e treina seus alunos na Academia Equilibrium, nas terças (20h45min) e nas quintas (20h).


Confira como foi a participação dos atletas:

Paulo Lessa - Campeão na Categoria Faixa Branca.
Debrahi Mêdola -  3º lugar Absoluto na Categoria Faixa Roxa.
Paulo Juarez Júnior - não passou na 1ª fase na Categoria Faixa Branca.

domingo, 18 de setembro de 2011

sábado, 10 de setembro de 2011

Basquete brasileiro se classifica para Londres 2012

Após 16 anos de espera basquete brasileiro retorna às Olimpíadas.
Brasil venceu a República Dominicana por 83 a 76.
Valeu Brasil!


Foto: http://www.maisacao.net/blog/wp-content/uploads/2007/07/brasil-e-campeao-pan-americano-cleber-mendes.jpg

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Conferência Livre de Juventude: Comunicação e Inclusão Digital

Fonte: www.aldeiagaulesa.net

Conferência Livre de Juventude: Comunicação e Inclusão Digital




Dia 1°de Setembro no Plenarinho da Assembléia Legislativa - 3° Andar. Porto Alegre/RS às 18:30h


Comunicação, Juventude e Democracia


Para avançar na construção de um estado democrático, é fundamental garantir a diversidade de vozes. Uma sociedade organizada com base em um pequeno número de opiniões caminha na direção do autoritarismo. Neste aspecto, os meios de comunicação têm uma grande influência nas decisões públicas, porque são eles que divulgam as opiniões para o contexto da sociedade. Por isso, a atividade de comunicação é um bem público e deve ser prestada na forma de um serviço público, atendendo ao interesse de todos os cidadãos. Considerando que, na organização atual do Estado brasileiro, a atividade de comunicação é realizada mediante a concessão deste serviço público ao sistema privado, é fundamental que a atividade esteja regulada pela legislação e que ocorra a fiscalização da sociedade. Estas são medidas que pretendem garantir o direito humano à comunicação, à democracia e demais garantias constitucionais. Da mesma forma, é de suma importância o fortalecimento dos sistemas público, estatal e comunitário de comunicação, de forma a ampliar a diversidade de opiniões e de visões de mundo e de construir uma sociedade mais justa e plural. A complementariedade dos sistemas de comunicação comercial e pública, inclusive, está prevista na Constituição Federal de 1988. Também é importante o grande potencial democratizador da internet, que, por meio dos blogues, sites e redes sociais, promovem uma grande transformação nas formas de comunicar, o que requer uma política de expansão do acesso e um marco civil que garanta os direitos do cidadão na rede.


Com a perspectiva de se constituir em mais um espaço de debate dos temas relevantes para a sociedade, a Conferência Livre de Juventude - Comunicação e Inclusão Digital permitirá a participação da juventude na discussão das ações e ideias que devem ser tomadas como prioridade na implementação das políticas públicas da área, com o objetivo de fomentar o direito humano à comunicação. O marco regulatório vigente para as comunicações está completamente desatualizado frente à realidade atual de convergência tecnológica e a falta de regulamentação de importantes artigos da Constituição Federal. Este é um dos temas recorrentes que merecerá a atenção dos participantes na conferência, e que contará com a presença dos debatedores para iniciar o debate. Ainda devem ganhar espaço nas discussões assuntos como o fortalecimento do sistema público de comunicação; a implementação de um marco legal para a internet; a defesa da diversidade étnica, racial, de gênero e de orientação sexual nos meios de comunicação; as políticas de inclusão digital; e a construção coletiva de uma programação cultural, educativa e de entreterimento voltada aos interesses e necessidades da juventude.

Precisamos construir uma comunicação livre com objetivo de promover a participação direta, a cultura democrática e o fortalecimento da cidadania com eficiência e controle social através de canais permanentes de diálogo estruturado e colaboração entre estado e sociedade a partir do uso das ferramentas das redes digitais

Painelistas: Marcelo Branco- Ativista do Movimento Software Livre
Josué Lopes- Assessor Secretaria de Comunicação e Inclusão Digital
Andréia de Freitas- Jornalista e Secretária-Adjunta da Secretaria de Comunicação de Canoas.


Organização: Coletivo Gaúcho Pela Democratização da Comunicação, Associação Software Livre, CUT/RS, Blog Aldeia Gaulesa.
Apoio:Gabinete Digital, Secretaria de Comunicação e Inclusão Digital Governo do Estado do Rio Grande do Sul e SEDUC.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Enem: Curso gratuito em EAD

A universidade de Ensino à Distância (EAD) Unopar oferece curso preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM 2011) em todo Brasil, de forma gratuita. No RS, são 910 vagas. Estudantes que estejam cursando o 3º ano do Ensino Médio ou que já o tenham concluído podem participar.

Inscrições no site: www.unoparvirtual.com.br

Fonte: Correio do Povo

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

sábado, 20 de agosto de 2011

Boaventura de Sousa Santos: Os limites da ordem

Os violentos distúrbios ocorridos na Inglaterra não devem ser vistos como um fenômeno isolado. Eles representam um perturbador sinal dos tempos. Sem se dar conta, as sociedades contemporâneas estão gerando um combustível altamente inflamável que flui nos subsolos da vida coletiva. Quando chegam à superfície, podem provocar um incêndio social de proporções inimagináveis.

Trata-se de um combustível constituído pela mistura de quatro componentes: a promoção conjunta da desigualdade social e do individualismo, a mercantilização da vida individual e coletiva, a prática do racismo em nome da tolerância e o sequestro da democracia por elites privilegiadas, com a consequente transformação da política na administração do roubo “legal” dos cidadãos e do mal estar que provoca.

Cada um destes componentes têm uma contradição interna: quando se superpõem, qualquer incidente pode provocar uma explosão.

- Desigualdade e individualismo. Com o neoliberalismo, o aumento brutal da desigualdade social deixou de ser um problema para passar a ser uma solução. A ostentação dos ricos e dos multimilionários transformou-se na prova do êxito de um modelo social que só deixa miséria para a imensa maioria dos cidadãos, supostamente porque estes não esforçam o suficiente para ter sucesso na vida. Isso só foi possível com a conversão do individualismo em um valor absoluto, o qual, paradoxalmente, só pode ser experimentado como uma utopia da igualdade, a possibilidade de que todos prescindam igualmente da solidariedade social, seja como seus agentes, seja como seus beneficiários. Para o indivíduo assim concebido, a desigualdade unicamente é um problema quando ela é adversa a ele e, quando isso ocorre, nunca é reconhecida como merecida.

- Mercantilização da vida. A sociedade de consumo consiste na substituição das relações entre pessoas pelas relações entre pessoas e coisas. Os objetos de consumo deixam de satisfazer necessidades para criá-las incessantemente e o investimento pessoal neles é tão intenso quando se tem como quando não se tem. Os centros comerciais são a visão espectral de uma rede de relações sociais que começa e termina nos objetos. O capital, com sua sede infinita de lucros, submeteu à lógica mercantil bens que sempre pensamos que eram demasiado comuns (como a água e o ar) ou demasiado pessoais (a intimidade e as convicções políticas) para serem comercializados no mercado. Entre acreditar que o dinheiro media tudo e acreditar que se pode fazer tudo para obtê-lo há um passo muito menor do que se pensa. Os poderosos dão esse passo todos os dias sem que nada ocorra a eles. Os despossuídos, que pensam que podem fazer o mesmo, terminam nas prisões.

- O racismo da tolerância. Os distúrbios na Inglaterra começaram com uma dimensão racial. O mesmo ocorreu em 1981 e nos distúrbios que sacudiram a França em 2005. Não é uma coincidência: são irrupções da sociabilidade colonial que continua dominando nossas sociedades, décadas depois do fim do colonialismo político. O racismo é apenas um componente, já que em todos os distúrbios mencionados participaram jovens de diversos grupos étnicos. Mas é importante, porque reúne a exclusão social com um elemento de insondável corrosão da autoestima, a inferioridade do ser agravada pela inferioridade do ter. Em nossas cidades, um jovem negro vive cotidianamente sob uma suspeita social que existe independentemente do que ele ou ela seja ou faça. E esta suspeita é muito mais virulenta quando se produz em uma sociedade distraída pelas políticas oficiais de luta contra a discriminação e pela fachada do multiculturalismo e da benevolência da tolerância.

- O sequestro da democracia. O que há em comum entre os distúrbios na Inglaterra e a destruição do bem estar dos cidadãos provocada pelas políticas de austeridade dirigidas pelas agências classificadoras e os mercados financeiros? Ambos são sinais das extremas limitações da ordem democrática. Os jovens rebeldes cometeram delitos, mas não estamos frente a uma “pura e simples” delinquência, como afirmou o primeiro ministro David Cameron. Estamos frente a uma denúncia política violenta de um modelo social e político que tem recursos para resgatar os bancos, mas não para resgatar os jovens de uma vida de espera sem esperança, do pesadelo de uma educação cada vez mais cara e irrelevante dado o aumento do desemprego, do completo abandono em comunidades que as políticas públicas antissociais transformaram em campos de treinamento da raiva, da anomia e da rebelião.

Entre o poder neoliberal instalado e os rebeldes urbanos há uma simetria perturbadora. A indiferença social, a arrogância, a distribuição injusta dos sacrifícios estão semeando o caos, a violência e o medo, e aqueles que estão realizando essa semeadura vão dizer amanhã, genuinamente ofendidos, que o que eles semearam nada tinha a ver com o caos, a violência e o medo instalados nas ruas de nossas cidades. Os que promovem a desordem estão no poder e poderiam ser imitados por aqueles que não têm poder para colocá-los em ordem.

(*) Doutor em Sociologia do Direito; professor nas universidades de Coimbra (Portugal) e Wisconsin (EUA).

(**) Traduzido por Katarina Peixoto da versão em espanhol publicada no jornal Página/12

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Rebelião na terra da Rainha: A juventude excluída sai as ruas. Por @erickdasilva

Publicação extraída do Blog:  http://www.aldeiagaulesa.net



Por Erick da Silva

Mobilizações incendiarias acabaram com a “calmaria” que supostamente viviam os súditos da Rainha. Primeiro nas ruas de Londres e agora se espalhando pelo resto do país, um grande movimento de revoltas e manifestações está abalando a Inglaterra.

O “estopim” da revolta foi a morte do jovem negro Mark Duggan, 29 anos, vítima de uma ação policial no bairro de Tottenham, uma das regiões mais carentes de Londres. No dia seguinte, sábado (06/08), jovens iniciaram uma onda espontânea de protestos, que foram violentamente reprimidos pelas forças policiais. No domingo, a rebelião se espalha, atingindo o norte e o sul da capital inglesa e rapidamente assume um crescente grau de radicalização. Nos dias seguintes já se espalhou por outras cidades, como Birmingham, Manchester, Liverpool etc.

Os protestos pegaram as autoridades de surpresa, afinal a Grã-Bretanha era uma “ilha de calmaria” em um continente de incertezas. Nas palavras de Julian Knight, do jornal britânico Independent, pouco antes da rebelião, ao comentar as turbulências e perigos de um aprofundamento da crise econômica na Europa, afirmou que, apesar dos bancos britânicos controlarem quantidades massivas de dívida da eurozona, “ainda assim, o Reino Unido é visto como um paraíso, com o governo capaz de emprestar aos menores juros dos últimos 50 anos.”

O problema é que este “paraíso” não era para todos, pelo contrário, apenas uma pequena minoria se beneficia desta farra financeira. Não é para menos que os saques e os confrontos com a polícia se iniciaram justamente nos bairros mais pobres de Londres, que concentram os imigrantes africanos, asiáticos e latinos explorados e humilhados pelo capitalismo inglês. A marginalização e a falta de perspectivas da juventude, inclusive, incentivam a formação de gangues e geram uma maior violência.

O verdadeiro abandono pelo Estado de uma parcela significativa da juventude inglesa é a principal raiz das revoltas. Um estudo da União Europeia deste ano revelou que 17% dos jovens da Grã-Bretanha são classificados como "NEETS" – sigla em inglês para aqueles que não tem emprego, educação ou treinamento - em outras palavras, sem perspectivas de emprego em um futuro imediato. Existem 600 mil pessoas, com menos de 25 anos na Grã-Bretanha, que nunca tiveram um dia de trabalho.

Para agravar ainda mais o quadro, em muitas cidades os programas sociais destinados aos jovens sofreram cortes de até 70%. Na subprefeitura de Haringey, onde fica o bairro de Tottenham, os cortes foram de 75% e oito dos treze centros de assistência social foram fechados.

Este é um problema crônico na Grã-Bretanha, que tem uma "geração perdida" de jovens, com uma alta evasão no ensino médio (as maiores taxas da Europa) e os coloca como as principais vítimas da crise capitalista. É este o verdadeiro motivo que levou a explosão incendiária de revoltas.

Ainda que tenham grande impacto, não encontraremos “bandeiras políticas” claras e definidas sendo apresentadas, não existe um movimento social organizando as ações. Não havendo parâmetros mínimos de organização e reivindicações “tradicionais” ou com algum horizonte para tal. Esta é a maior fragilidade do movimento, que sem esta organização, pode sucumbir a dura repressão que o governo britânico esta pondo em curso (que já colocou centenas de jovens atrás das grades). Mas estas debilidades, não retiram a legitimidade das manifestações. 

Este processo de grandes protestos demostram que, o mesmo sistema que gera estas crescentes desigualdades, também terá que enfrentar uma juventude que não aceitará calada. Com o agravamento da crise econômica e o governo seguindo as fracassadas receitas neoliberais, certamente outras rebeliões virão.

Cartum: Latuff

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Todo Apoio ao Tonho Crocco - Gangue da Matriz

Manifesto contra a censura e pela liberdade de expressão

Porto Alegre, 02 de agosto de 2011

Eu, Antonio Carlos Crocco, nome artístico Tonho Crocco, Brasileiro e morador da cidade de Porto Alegre/RS estou sendo processado por intermédio de uma ação no Ministério Público encaminhada em nome do ex-presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul e atual Deputado Federal do PDT GIOVANI CHERINI por crimes contra a HONRA.
A audiência preliminar acontece no dia 22 de agosto de 2011, segunda-feira às 15h no Foro Central de Porto Alegre/RS.

Explicando a situação:
No dia 21 de dezembro de 2010, 36 deputados estaduais votaram a favor do aumento de 73% de seus próprios salários. O substituto do Projeto de Lei 352/2010, elevou o salário dos parlamentares de R$ 11.564,76 para R$ 20.042,34.
Em menos de 24h consegui compor e gravar o vídeo protesto "Gangue da Matriz" que já recebeu mais de 37 mil visualizações no Youtube e está a disposição para download no www.tonhocrocco.com
A assembléia, representada na época pelo Deputado GIOVANI CHERINI encaminhou ao Ministério Público representação de ilicitude, pedindo providências, na qual fui intimado e indiciado por CRIMES CONTRA A HONRA.
O artigo 138, 139 e 140 do código penal prevê pena de 1 mês a 2 anos de detenção.
Não seria esta ação uma forma de censura à liberdade de expressão?
Não estaria o excelentíssimo Deputado ou a quem ele representou agindo de forma truculenta?
Estaríamos retrocedendo aos tempos da ditadura?
Será mesmo que estamos numa democracia?
Meu verdadeiro temor é que se abra um precedente coibindo as manifestação políticas; principalmente aquelas que usam de vias pacíficas e da ARTE como forma de expressão.
Gostaria de contar com o apoio e mobilização dos que concordam com esta filosofia. Não apenas a classe artística e sim de todas pessoas que compartilham esta visão.





domingo, 31 de julho de 2011

A Copa é de Quem?

Imagem do extraída do Blog:
 http://levantepopulardajuventude.blogspot.com  

No último sábado (30/8), foi realizado o Sorteio das Eliminatórias da Copa 2014. Com o fechamento do Aeroporto Santos Dumont por 4 horas para não atrapalhar a transmissão da televisão. Nações do mundo inteiro puderam assistir o sorteio da caminhada que suas seleções deverão percorrer até a classificação para a Copa Brasilis. O evento foi realizado na Marina da Glória, um dos pontos turísticos mais lindos do Rio de Janeiro. E organizado por uma empresa das irmãs Globo e RBS, ao custo público de R$ 30 milhões. Divididos entre o Governo Municipal e o Governo Estadual.

O mesmo evento na Copa da África, segundo matéria da Record, custou R$ 2 milhões.
Confira o vídeo da matéria:



Aqui no Rio Grande do Sul o desrespeito com o cidadão não é diferente. Confira o que está acontecendo em Porto Alegre em relação a Copa 2014 pelo Blog: http://comitepopularcopapoa2014.blogspot.com/

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Eli Pariser: Tenha cuidado com os "filtros-bolha"



Google e o Facebook estão filtrando nossas pesquisas.
A internet é democrática e deve se manter neutra.
Não quero viver numa bolha


Fique atento!

sábado, 16 de julho de 2011

Histórias do Congresso da UNE. Eu fui

Em uma dessas navegadas pela rede. Eis que me deparo com um vídeo/documentário sobre 47º Congresso da União Nacional dos Estudantes (CONUNE). 
No ano de 2001, era acadêmico da FACOS e diretor do Diretório Central dos Estudantes. Um belo dia aparece uma menina muito descolada de cabelo roxo e com um colar um tanto exótico - uma corrente com um cadeado como pingente. Com um papo muito legal, a então diretora da UNE nos convidou para dar uma banda em Goiânia e participar do 47° CONUNE. Nos apresentou um material gráfico muito bonito e atraente ao manifesto "Agora só falta você". Os companheiros e companheiros do DCE ficaram empolgados e decidimos participar e convocamos eleições de delegados e suplentes por curso. Ao todo 18 pessoas foram escolhidas. Ao final do processo, nos organizamos e passamos o chapéu para custear os gastos da galera.

Logo que entramos no ônibus rumo à Goiânia, percebemos que a viajem seria longa e inesquecível. Uma  galera de várias tribos, cursos e correntes ideológicas distintas. Numa fumaça constante, intercalada por diversos fumos, muita discussão política rolou. Uma guria se destacava nos debates com posições firmes e  um conhecimento político que até então não tinha visto em uma menina. Respeitosa quanto a opinião dos outros, Manoela conduzia as calorosas discussões entre paradas em postos. O ônibus enguiçava a cada 5h, mais ou menos.

Após 45 horas de viajem, chegamos ao Congresso. O resumo do que vivemos naquele ano você pode ver no vídeo abaixo. São duas partes. A guria, virou Deputada Federal mais votada da história do RS. 

Pelo Twitter, lembramos dessa história:

viajamos juntos em 2001 RT @deputadamanuela: Ir ao Congresso da UNE Esse é o sexto que participo! Q loucura a pressa com que a vida passa!

@profbrunoramos o pior ônibus que já coordenei! Hahahha. Muitos conflitos! Pessoal da Facos e pessoal da UFRGS!

@deputadamanuela a UJS cometeu um erro em convidar os alunos da Facos p/ passear no #conune, por isso a dificuldade em coordenar, mas valeu


sexta-feira, 15 de julho de 2011

A Era digital e os jornalistas arcaicos



A internet nos trouxe a oportunidade de liberdade em informar. Esse texto que você lê agora está sendo produzido na sala de minha casa, contém meus ideais, minha filosofia de vida, meus princípios, meus erros de concordância e minha bagagem cultural. Ele chegará até você gratuitamente, vinculado ao meu canal de informação, o Blog Insensatez calculada. Nele, no Blog, poderia haver patrocínios e propagandas. Não que eu não queira, mas nada que cerceie o meu e o teu direito de dizer é bem vindo por aqui.


Todos sabem minha ligação com o PT. Onde, nesse Blog, há alguma inserção petista?
Meu principal objetivo aqui é divulgar a arte e opinião aos meus amigos e conhecidos. Sem amarras, sem distorção de informações, sem boataria e sem mentiras.
Em Televisão, Jornal impresso e Rádio há uma clara “coligação” com partidos políticos e homens públicos. Há, portanto, uma parcialidade que influencia e manipula a informação.
Estudei jornalismo e tenho como burra e/ou antiética a sintonia entre sites de informação e patrocínio político.


Nos nossos jornais locais (um do PMDB, dois do PDT e outro do PP) há centenas de patrocinadores e anunciantes. Sabes o que ganha teu colunista favorito? Nada.
Quem escreve o jornal são seus colaboradores. Escritores que deveriam receber por seu trabalho, mas que aceitam fazer gratuitamente pelo apego ao leitor.
E quando questionamos alguma matéria vinculada a esses jornais, matérias sem fontes, cuja gênese é uma fofoca de padaria, somos ignorados, ofendidos e “bloqueados” nas redes sociais.
Não dá pra entender como pode um jornalista, com todas as ferramentas para exercer sua profissão com liberdade, imparcialidade e ética, vender suas palavras à políticos e barões do comércio que há anos atravancam o desenvolvimento de Osório.


quarta-feira, 13 de julho de 2011

A Poesia prevalecerá em Porto Alegre com O Teatro Mágico


Central da Carona:
Osório - Porto Alegre - Osório
Tem uma galera de Osório afim de ir. Se tiver interesse em dar ou pegar carona, deixe um comentário neste post.


"Ser essência muito mais"

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Divulgada tabela do Campeonato Municipal de Futsal de Osório 2011

Esclarecimentos do Prefeito Romildo Bolzan Jr. sobre a Operação Cartola

Em uma ação coordenada pela Polícia Civil e que contou com a parceria do Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público Estadual e Ministério Público de Contas. A Operação Cartola surpreendeu várias prefeituras do RS com a busca de documentos e contratos de publicidade da empresa PPG.

A cidade de Osório é uma das investigadas.

Ao final da noite, o Prefeito Romildo Bolzan Jr. publicou uma nota em seu Facebook pessoal. Segue o conteúdo da nota e o link:

"Sinceramente, fui tomado de surpresa com a ida de policiais que requisitaram documentos de uma contratada da prefeitura municipal de Osório, a PPG. Essa contratação decorreu de uma concorrência pública, competição com extensão nacional que resultou em contrato no ano de 2010 para serviços na área de públicidade. O contrato foi recentemente auditado pelo controle interno e por informações internas pelo próprio Tribunal de Contas. Não restou até o presente momento em nenhum apontamento de parte do TCE. O mesmo pessoal requisitou contratos com a MAC Engenharia, mas o nosso período administrativo não ouve celebração de contrato com esta empresa, somente no governo anterior. Dos documentos levados, foram os públicos, como a licitação, o contrato e os empenhos com as suas liquidações, nada que não fosse público e que não poderia ser obtido de requisição por qualquer orgão de controle, inclusive Ministério Público e Polícia. No entanto, em face de uma investigação em outro município (Alvorada) resolveram estendê-la a Osório, pois havia contrato entre Município e empresa investigada, o que por sua vez fez com que nos colocassem no rol dizendo que eramos suspeitos de uma fraude de trinta milhões para financiamento da campanha de 2008. Diga-se que o relacionamento da prefeitura com tal empresa somente começou em 2010, o que torna absurda a acusação. Assim nossa primeira providência vai ser interpelar o chefe de Polícia do Estado e o Procurador Geral de Justiça para que esclareçam qual foi a participação de algum servidor na alegada fraude. Tudo isso me deixa extremamente constrangido, chateado, entristecido. Em primeiro lugar por ser uma inverdade e uma injustiça, em segundo lugar por deixar uma imagem obscura e duvidosa daquilo que represento, ou seja o povo de Osório e ao meu partido na condição de Presidente. Quero ao final tomar conhecimento de tudo e tomar providencia se tiver que fazê-lo. Mas quero retratação de quem comandou uma ação agressiva, infeliz, ostensiva e típica de abuso de autoridade seja patrocinada por quem for, principalmente por orgãos institucionais que tem que zelar pela integridade das pessoas no conceito do direito individual da privacidade e do amplo direito de defesa seja de quem for. Quem autorizou essa operação, seja MP, seja MPC, seja Polícia Civil, seja um Juizado em relação a Osório abusou do direito de investigar e do direito de ser autoridade e causou um dano talvez irreparável a imagem dos servidores da Prefeitura, minha como Prefeito e como individuo, ao povo de Osório e a imagem da cidade no cenário Gaúcho. O que me entristece é que talvez a correção disto tudo seja tardia, devagar e sem qualquer publicidade. Faço apenas essas considerações iniciais".