segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Dicas para festejar com saúde e disposição

Antes de encher o copo alimente-se:
  • Uma boa refeição antes de começar a farra pode retardar os efeitos da bebida alcoólica. Com o estômago cheio, o álcool permanece lá por mais tempo e é processado mais lentamente.
  • Alimentos que possuem gordura polinsaturada, como azeite de oliva extra-virgem, protegem o fígado dos efeitos do álcool. A melhor pedida é uma salada, risoto ou peixe regada com azeite.

Durante a farra hidrate-se:
  • Faça uma pausa entre as rodadas para beber água ou suco. Você vai evitar – ou pelo menos retardar – a desidratação.

Depois da farra, repositores energéticos são a pedida:
  • Água-de-coco é rica em potássio, triglicérides e frutose. Um poderoso isotônico natural e compensa as perdas de sais minerais causadas por suor, diarréia e vômitos, três aliados da ressaca.
  • Bebidas isotônicas (Gatorade) hidratam e compensam a perda dos sais minerais, causadas pelo excesso de álcool.
  • Evite sais de frutas. Eles podem irritar seu estômago.

Afogue a ressaca com uma receita de suco natural e desintoxicante. Ingredientes: 1 fatia de melão, 300 ml de água-de-coco, 2 kiwis e 4 folhas de hortelã. Preparo: bata os ingredientes e acrescente as folhas de hortelã e beba à vontade.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Receita para o Ano Novo

Para você ganhar belíssimo Ano Novo...
Não precisa fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar de arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto da esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um ano-novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

Carlos Drummond de Andrade




Feliz Natal
e
Que o Ano de 2009 seja repleto de realizações, de muita energia e saúde pra enfrentar os novos desafios.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Enxaqueca tem sintomas parecidos com a tensão muscular


Semelhanças entre as reações do corpo provocadas por esses dois males causam confusão em quem é acometido por eles .
Muitas vezes você reclama de dor de cabeça, mas saiba que o incômodo pode estar mais embaixo. Segundo estudo do Instituto de Neurocirurgia e Pesquisa Neurológica de Chicago, nos Estados Unidos, mais de 20% dos casos de cefaléia são, na verdade, dores reflexas que vêm do pescoço e dos ombros. Para identificar o problema, veja a tabela feita com os dados do instituto americano.

Dor de cabeça Onde dói - Nas têmporas e na testa. A intensidade varia de média a muito forte.
Causas prováveis - Variação hormonal, stress, alergia a alimentos como chocolate ou vinho tinto, desidratação.
Melhor maneira de reverter - Táticas para reduzir o stress, como meditação ou hipnose, se mostram muito eficientes. Manter o sono em dia, também. Mas vale consultar um especialista para indicar um analgésico.


Tensão no pescoço Onde dói - Entre as sobrancelhas e na região da nuca. Muitas vezes alcança até os músculos dos ombros.
Causas prováveis - Má postura (principalmente no computador), stress crônico ou um trauma localizado, como forçar o pescoço no abdominal.
Melhor maneira de reverter - Acupuntura, exercícios posturais e massagem.

Fonte: www.educacaofisica.com.br

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Reflexão

Desenvolvimento Social versus Desenvolvimento Econômico na Terra dos Bons Ventos


Em 2005, quando me mudei para Santo Antônio da Patrulha, após viver 20 anos em Osório, vivia-se a expectativa da implantação do Parque Eólico na Cidade dos bons ventos. Muito se falava e se especulava: o município ficaria rico, o comércio explodiria, o turismo iria torna-se realidade. Passados três anos muitas coisas boas e ruins aconteceram na cidade.
Hoje ao andar pelas ruas e bairros de Osório percebemos grandes transformações. Em grande parte asfaltados e com praças remodeladas, onde há atividades diárias para os cidadãos se exercitarem e se divertirem com a suas famílias. Um salto para a qualidade de vida dos moradores atendidos por essas praças. Ruas melhores sinalizadas e agora com sinaleiras são uma realidade para uma cidade que aumentou muito sua frota de carros nesses últimos anos. No centro, em horário comercial é muito difícil achar uma vaga para estacionar.

Impulsionada pelo desenvolvimento econômico nossa cidade tem evoluído na sua infra-estrutura, porém pecou em não discutir e prever os problemas sociais que temos hoje. O desenvolvimento social não evoluiu junto ao econômico. Enquanto alguns se beneficiam e aproveitam as oportunidades surgidas, muitos vivem na mesma situação ou pior. Já que a lógica de concentração de renda do capitalismo impera sobre qualquer desenvolvimento de uma economia. Será que é possível o desenvolvimento econômico e social evoluírem juntos? Ao passo que entra mais dinheiro na cidade, será que veremos a criminalidade diminuir? Será que veremos assalariados com boa remuneração e com bom acesso a saúde?
Osório está doente pela epidemia do Crak. Jovens ociosos caem na besteira de baforar na latinha e comprometem suas vidas pelo vício. Fazem qualquer coisa pela pedra. Assaltos, roubos, furtos, exploração sexual são as principais conseqüências dessa droga maldita. Investir no tempo ocioso da juventude é uma necessidade. Esporte e arte são as melhores atividades para o tempo ocioso e os projetos sociais existentes não estão sendo suficientes para diminuir o consumo das drogas.

Com todos esses problemas se faz necessário uma grande discussão em relação ao desenvolvimento social em conjunto com o econômico. Já que nos próximos anos mais alguns milhões de reais entrarão em nosso município e se não aplicarmos de forma correta, continuaremos sendo aquela província com problemas de cidade subdesenvolvida.
A participação popular nas decisões de onde investir o dinheiro dos cofres públicos, poderá contribuir significativamente para o nosso desenvolvimento social. Com uma sociedade participativa e consciente dos problemas, poderemos transformar nossa província em cidade de primeiro mundo.
Aguardo comentários sobre essa Reflexão.

CESAR CIELO, DIEGO HYPÓLITO, ROBERT SCHEIDT, KETLEYN QUADROS, MAURREN MAGGI E NATÁLIA FALAVIGNA DISPUTAM O PRÊMIO BRASIL OLÍMPICO






















































Quem será eleito o melhor atleta brasileiro do ano? A partir desta terça-feira, dia 25, o público já poderá eleger os melhores atletas de 2008. A votação, via Internet, através do site http://www.premiobrasilolimpico.com.br/, ou com link no site do Comitê Olímpico Brasileiro (http://www.cob.org.br/), vai até o dia 15 de dezembro. Os concorrentes masculinos são o nadador César Cielo, o ginasta Diego Hypólito e o velejador Robert Scheidt. No feminino, disputam a judoca Ketleyn Quadros, a saltadora em distância Maurren Maggi e a lutadora de taekwondo Natália Falavigna. Os vencedores serão homenageados na festa do Prêmio Brasil Olímpico 2008, organizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) no Teatro do MAM, no Rio de Janeiro, no dia 16 de dezembro.

Em 2007 os vencedores foram a ginasta Jade Barbosa e o nadador Thiago Pereira. A escolha dos destaques do ano foi feita por um colégio eleitoral formado por jornalistas, dirigentes esportivos, atletas, ex-atletas e personalidades do esporte, com base em uma lista tríplice encaminhada ao COB por cada Confederação Brasileira Olímpica. Este mesmo colégio eleitoral escolheu o melhor atleta em cada uma das 43 modalidades em disputa.

Confira o perfil dos dos concorrentes no link: http://www.cob.org.br/noticias/noticias_interna.asp?id=14373

Os meus eu já escolhi: César Cielo e Maurren Maggi.



fonte: www.cob.org.br