sábado, 16 de julho de 2011

Histórias do Congresso da UNE. Eu fui

Em uma dessas navegadas pela rede. Eis que me deparo com um vídeo/documentário sobre 47º Congresso da União Nacional dos Estudantes (CONUNE). 
No ano de 2001, era acadêmico da FACOS e diretor do Diretório Central dos Estudantes. Um belo dia aparece uma menina muito descolada de cabelo roxo e com um colar um tanto exótico - uma corrente com um cadeado como pingente. Com um papo muito legal, a então diretora da UNE nos convidou para dar uma banda em Goiânia e participar do 47° CONUNE. Nos apresentou um material gráfico muito bonito e atraente ao manifesto "Agora só falta você". Os companheiros e companheiros do DCE ficaram empolgados e decidimos participar e convocamos eleições de delegados e suplentes por curso. Ao todo 18 pessoas foram escolhidas. Ao final do processo, nos organizamos e passamos o chapéu para custear os gastos da galera.

Logo que entramos no ônibus rumo à Goiânia, percebemos que a viajem seria longa e inesquecível. Uma  galera de várias tribos, cursos e correntes ideológicas distintas. Numa fumaça constante, intercalada por diversos fumos, muita discussão política rolou. Uma guria se destacava nos debates com posições firmes e  um conhecimento político que até então não tinha visto em uma menina. Respeitosa quanto a opinião dos outros, Manoela conduzia as calorosas discussões entre paradas em postos. O ônibus enguiçava a cada 5h, mais ou menos.

Após 45 horas de viajem, chegamos ao Congresso. O resumo do que vivemos naquele ano você pode ver no vídeo abaixo. São duas partes. A guria, virou Deputada Federal mais votada da história do RS. 

Pelo Twitter, lembramos dessa história:

viajamos juntos em 2001 RT @deputadamanuela: Ir ao Congresso da UNE Esse é o sexto que participo! Q loucura a pressa com que a vida passa!

@profbrunoramos o pior ônibus que já coordenei! Hahahha. Muitos conflitos! Pessoal da Facos e pessoal da UFRGS!

@deputadamanuela a UJS cometeu um erro em convidar os alunos da Facos p/ passear no #conune, por isso a dificuldade em coordenar, mas valeu